Guia básico de SEO

,
guia básico de seo, marketing digital, marketing de conteúdo

Você já procurou o seu website no Google e ficou desapontado com os resultados?

Então é hora de otimizá-lo para alcançar mais clientes através de técnicas SEO

O que é SEO?

A pesquisa orgânica – material disponibilizado pra você de forma natural, ou seja, não paga, em mecanismos de pesquisa, como o Google – é o tráfego mais importante para a maioria dos sites, já que não tem custo para a empresa e melhora a imagem do site para o público. E o que é SEO?

seo, marketing digital, guia básicoO SEO (Search Engine Optimization) é um conjunto de técnicas de otimização para mecanismos de busca, que tem, como objetivo principal, aumentar o volume do tráfego orgânico e garantir mais visibilidade da sua empresa nas páginas de busca, consequentemente atrair mais leads e transformá-los em clientes.

Com o uso das técnicas de SEO, é possível deixar a sua empresa entre umas das primeiras na pesquisa do Google, o que é muito importante para o seu negócio, pois 90% das pessoas que fazem pesquisas no Google clicam apenas nos resultados que aparecem na primeira página do site de busca.

A solução é, então, otimizar o conteúdo dos sites para os mecanismos de pesquisa, sendo essa pratica conhecida como ‘on-page SEO’.

Assim, o que irá definir o posicionamento da sua página nos resultados de pesquisa é a sua relevância para a palavra-chave buscada. Deste modo, as estratégias de SEO focam principalmente na relevância de seu site tanto para o usuário visitante (on-page SEO) quanto para outras páginas e redes sociais (off-page SEO).

 

Como o Google entende o SEO?

O Google, o mais utilizado mecanismo de pesquisa do mundo, (uma pesquisa conta que são feitas mais de 100 bilhões de pesquisas por mês no site!) divide os seus resultados entre pagos e orgânicos, que são gratuitos. É fundamental entender como o Google funciona para elaborar uma estratégia assertiva de SEO.

Os resultados pagos são mostrados no topo da página e nomeados como ‘Ad’ ou ‘Anúncio’. Esses espaços são alcançados por empresas que participam de leilões através de uma ferramenta do próprio Google chamada Google Adwords  e as empresas pagam por cliques no anúncio.

Já os resultados orgânicos aparecem abaixo dos links patrocinados, entretanto são gratuitos e, os que aparecem logo abaixo dos anúncios têm grande relevância para o Google, pois os primeiros lugares ficam para os sites mais otimizados.

 

Os robôs de leitura do Google

Os sites que ocupam as primeiras posições da pesquisa orgânica são definidos pelo Google Bot, os robôs do site que funcionam como rastreadores, A partir do nível de relevância e autoridade que os sites apresentam de acordo com a UX (User Experience, em português, experiência do usuário). seo, marketing digital, guia básico

Esses robôs do Google analisam cada página fazendo uma ‘leitura’ do conteúdo apresentado e salvam para encontrarmos quando fizermos uma busca sobre o assunto, exibindo primeiro aqueles que com conteúdos mais completos e relevantes.

Entretanto, os robôs fazem leitura apenas de texto e código e é nesse contexto que começa a mágica do SEO: nós precisamos fazer o Google entender todo o conteúdo que está no nosso site!

É importante lembrar que o Google não consegue ler imagens, por isso é preciso fazer alt text (texto alternativo) para cada uma das imagens que você usa como postagem no página colocando a descrição de cada uma delas.

Assim, o Google compreenderá aquela imagem e poderá utilizar o seu conteúdo para ranquear melhor a página. Se você não utilizar textos alternativos, o mecanismo de pesquisa entende a sua imagem como um furo no site e piora a sua relevância, abaixando, assim, o seu posicionamento nas pesquisas.

 

Como alcançar as primeiras posições?

O Google não divulga todos os fatores que ajudam a melhorar o posicionamento de um site na pesquisa orgânica, entretanto tem a estimativa de que existem mais de 200 fatores que são relevantes nos resultados de uma SERP (Search Engine Results Page, que em português significa Página de Resultados).

Os principais fatores responsáveis pelo rankeamento do seu site nas primeiras posições são:

seo, marketing digital, melhores práticasArquitetura do site

Organização do conteúdo de forma simples e responsiva é fundamental para que o Google entenda a sua página e todo o conteúdo que está nela para que ele possa analisar a relevância.

Autoridade da página

O PageRank, o primeiro algoritmo criado há mais de 20 anos, e o Page Authority são utilizados pelo Google para avaliar a autoridade do seu site baseado nos links que a sua página recebe. Você pode conferir o seu na ferramenta da Moz Open Site Explorer (criar um link externo).

Autoridade do domínio 

seo, marketing digital, melhores práticasO posicionamento de uma página também tem influência pela autoridade do seu domínio, que é um nome que serve para localizar e identificar conjuntos de computadores na Internet. Você pode conferir a autoridade do seu domínio também no link acima.

Certificado SSL e HTTPS

Sites seguros, de acordo com o Google, os que usam Certificado SSL e HTTPS, ganham prioridade no posicionamento de pesquisa.

seo, marketing digital, melhores práticasConteúdo único e de valor

A característica mais relevante do SEO (também é a de muitas outras estratégias do Marketing Digital, como o Inbound (criar link para a matéria do Inbound)): produzir conteúdo de qualidade e relevante para o usuário.

Facilidade de uso

Quanto mais fácil e simples de utilizar, melhor será considerada a UX, a experiência do usuário. Algumas dados são levados em consideração para medir isso, como tempo de permanência, visualizações de página e taxa de rejeição.

seo, marketing digital, melhores práticasPalavra-chave no título

O uso da palavra-chave, inclusive no título, é essencial na otimização da sua página, e o título é um dos fatores mais importantes do on-page SEO. Lembre-se, cada página do seu site é única e registrada individualmente pelo Google, aplique as estratégias de SEO em todas elas!

Responsividade

O futuro do digital está indo para o mobile, por isso o Google aponta como relevante os sites que tem uma versão responsiva para os dispositivos móveis.

seo, marketing digital, melhores práticasTrustRank

Ser bem relacionado é de grande importância para o Google, ou seja, o mecanismo de pesquisa decide o seu TrustRank com base nos links que seu site recebe de outros sites de confiança.

Velocidade de carregamento

Pesquisas apontam que as pessoas tendem a esperar até 10 segundos para um site abrir, assim o tempo de carregamento dos sites influencia tanto na UX que ganhou o seu próprio fator como melhores práticas de SEO.

 

Agora que aprendemos o que devemos fazer para ter atingir as primeiras posições, é importante saber as práticas que devemos evitar para manter a boa posição:

Backlinks de sites com má reputação seo, marketing digital, melhores práticas

Assim como links de sites relevantes para o seu site, melhoram o seu posicionamento, sites de má reputação com links para o seu site devem piorar a sua posição.

Conteúdo copiado

O Google valoriza conteúdo relevante, único e útil para o usuário, assim, a cópia de um conteúdo perde a relevância e valor do seu site, já que ele tenta identificar o conteúdo original, seja ele texto ou imagens, e rebaixa as páginas que copiaram este conteúdo.

seo, marketing digital, guia básicoConteúdo duplicado

A distribuição de conteúdo duplicado para dentro do seu site e de links externos abaixa o posicionamento de uma página, já que diminui a relevância do seu site.

Erros de ortografia

O Google acredita que sites com erros de ortografia pode ser um spam. Assim, não cometa esses erros para evitar um mau rankeamento e, perder credibilidade com o seu usuário.

Erros de HTMLseo, marketing digital, guia básico

Códigos “sujos”, ou seja, com erros de HTML, dificultam a indexação do site e diminuem o posicionamento da sua página.

Compra ou troca de links

Esquemas que violam o guia de conduta do Google como compra ou troca de links são penalizados e perdem posicionamento.

seo, marketing digital, guia básicoInatividade

Se o Google, frequentemente, se depara com uma página em manutenção ou com erro interno de servidor (Eror 500), ela perderá posicionamento ou, ainda, pode nem ser relacionada nas pesquisas.

Links quebrados dentro da página

Pense muito bem antes de criar um link externo, pois as páginas podem sair do ar e criar links para páginas inexistentes podem te deixar longe das primeiras posições.

Pop-ups seo, marketing digital, guia básico

Pop-ups são aquelas janelas indesejadas que abrem automaticamente e diminuem a qualidade da UX, por isso sites que usam desse recurso perdem posicionamento no Google.

Taxa de rejeição

O momento em que um usuário acessa um link, não interage e deixa a página pode contar negativamente.

 

SEO x Links patrocinados

Como já vimos acima, pesquisa orgânica é aquela que aparece naturalmente para o Google e as primeiras posições são ocupadas pelos sites mais responsivos para diversas plataformas, amigáveis, úteis e de conteúdo relevante.

Já os links patrocinados, ou anúncios, ocupam o topo ou as laterais da pesquisa do Google são pagas e trabalham através de leilões. Esses anúncios que cobram por clique e podem aumentas consideravelmente as visitas para o seu website.

Qualquer empresa que visa lucros sabe que a conta é gastar o menos possível e gerar a mais quantidade de lucros. Assim, usar de práticas de SEO melhora o posicionamento do seu site sem que você precise pagar por eles.

Entretanto, é importante ressaltar que para ter um maior alcance e mais influência no mercado digital, apostar em diversas práticas do marketing digital como o Inbound, SEO e Adwords, é o futuro do mercado e pode ajudar a colocar o nome da sua marca no varejo.

 

Esperamos ter esclarecido as suas dúvidas sobre como funciona o SEO. Se você ficou mais interessado no assunto, veja o nosso próximo tópico e aprenda as diferenças entre o on-page e off-page SEO.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *